Assim como conhecer o seu perfil de investidor é importante para que você faça investimentos certeiros, detalhar o seu perfil é fundamental para realizar a gestão de patrimônio. Com um grau de relevância até maior, porque quando o assunto é esse, é preciso considerar todo o seu contexto.

Isso porque uma gestão de patrimônio reflete diretamente no setor de finanças de sua empresa e na segurança de sua família. Uma diretriz bem definida, que considera as suas circunstâncias, permite a realização de um planejamento orçamentário mais sólido e preciso.

Para um investimento, é preciso levantar a receita da sua empresa, a renda mensal de eventual pessoa física prestadora de serviços, suas metas, suas contingências, a necessidade de liquidez, o valor que será investido todo mês, sua experiência em relação ao mercado, entre outros detalhes. Tudo com base no seu perfil de investidor.

Já para a gestão de patrimônio, é preciso considerar outras peculiaridades que talvez, espontaneamente, você nem se lembrasse. Mas que são fundamentais e estão diretamente ligadas à sua história. 

Detalhes do seu perfil

Você é casado(a)? Quantos filhos tem? Algum deles tem necessidades especiais? Todos trabalham ou trabalharão igualmente em seu negócio? Você tem ex-mulher? Tem filhos fora do casamento? Quantos imóveis você tem registrados na Pessoa Física? 

Percebe que são questões muito individuais? E importantíssimas, porque as respostas é que vão nortear a gestão do seu patrimônio. É fundamental refletir sobre elas e tê-las bem definidas para tomar as decisões. 

Outras características também ajudam a compor o seu perfil e são essenciais para a gestão de patrimônio. Você é um empresário, um fazendeiro ou um profissional autônomo? Tem funcionários? Tem processos na Justiça? Quais são os tributos inseridos em seu setor? E que contingentes poderiam colocar o seu negócio em risco?

Para realizar uma gestão de patrimônio eficiente, é fundamental definir essas particularidades. Muitos empresários têm risco de falência ou processo trabalhista e isso tem que ser considerado para proteção do patrimônio.

Com as respostas é possível conhecer o seu perfil e as suas circunstâncias, indicando o melhor caminho para preservar e garantir o crescimento de seu patrimônio. Um direcionamento possível, por exemplo, seria considerar a inserção dos filhos como sócios do negócio. Com isso, em vez de você doar bens para eles, você vai doaria cotas da empresa.

Enfim, para conduzir esses detalhes é fundamental conhecer o seu perfil e a sua história. Somente assim, o seu legado deixará marcas positivas que, além de assegurar o bem-estar à sua família, deixará um exemplo de uma condução inteligente nos negócios. 

Gestão de patrimônio – que rumo seguir

Depois de conhecer o seu perfil e o seu contexto, é preciso saber que rumo seguir. As decisões bem estruturadas são tomadas com base na individualidade, cada caso é um caso. Mas também é preciso ter um profundo conhecimento de gestão e do mercado.

Nesse sentido, uma gestora profissional fará o gerenciamento de ativos imobiliários e financeiros, respeitando o seu perfil de risco e considerando os objetivos de investimento para cada momento de vida.

Para saber mais detalhes sobre a gestão de patrimônio profissional, clique aqui e entre em contato conosco. Teremos muito prazer em auxiliá-lo(a).

WhatsApp WhatsApp